Encontro on-line de representantes de JPIC das Américas

No dia 26 de janeiro, os animadores capuchinhos de Justiça, Paz e Integridade da Criação (JPIC) da CCB, CCA e CONCAM (América Latina e Caribe) e da NAPCC (Estados Unidos, Canadá e Austrália) se reuniram on-line juntamente com frei Joel de Jesus – animador de JPIC da Ordem – e frei Jaime Rey – Secretariado de Formação da Ordem – ambos da Cúria Geral, Roma.

Pela JPIC dos capuchinhos do Brasil (CCB) participou frei Marcelo Toyansk (São Paulo); pela JPIC dos capuchinhos andinos (CCA) participou frei Darwin Orozco (Equador); pela JPIC dos capuchinhos da América Central e caribenha, frei Berman Bans (Nicarágua); e pela JPIC dos países de língua inglesa (NAPCC), frei Anthony Zuba (Boston) e frei Mike Dorn (Chicago).

Após cada frade partilhar um pouco da atuação da comissão de JPIC de sua Conferência, frei Joel expôs a proposta de um encontro de animadores capuchinhos de JPIC das Américas, de modo virtual, em abril de 2021. Este encontro está em sintonia com o processo que tem feito a Ordem capuchinha nas Américas, de diálogo e busca de renovação e fortalecimento do carisma no continente, tendo, em maio de 2021, a realização do “Encontro Panamericano” com a participação de todos os ministros provinciais e custódios das Américas.

Destacamos como pontos a abordar neste encontro de JPIC das Américas: A história e as raízes de serviços com tônica de JPIC nas presenças dos capuchinhos; atuação da JPIC dos capuchinhos hoje; maiores desafios e debilidades que temos e como podemos contribuir diante deles. Também foram destacados mais 4 dimensões a serem abordadas com relação à JPIC: contemplação; nossa formação; trabalho missionário; solidariedade para com os pobres.

Assim, pensamos abordá-los em workshops, com a breve exposição de alguns assessores, seguidos de momentos em grupos para debate e aprofundamento e, em seguida, em plenária com todos os participantes. Para trazer uma breve reflexão foram apontados a sugestão de frei Jaime Rey para a “formação e JPIC”, frei Mariosvaldo Florentino para “missão e JPIC” e frei Aldir Crócoli para “solidariedade com os pobres e JPIC”.