Sinfrajupe realiza conferências sobre a atual conjuntura

O SINFRAJUPE (Serviço Interfranciscano de Justiça, Paz e Ecologia), considerando a realidade em que vivemos, está realizando uma série de conferências on-line sobre a atual conjuntura do Brasil, em tempos de coronavirus, com abordagens política, psicoanalítica, social, econômica, ambiental e teológica.

A primeira conferência foi no dia 3 de abril, às 17 horas, com Rudá Guedes Ricci, sociólogo, mestre em ciência política e doutor em ciências sociais pela Unicamp. Presidente do Instituto Cultiva, da coordenação da Articulação Brasileira pela Economia de Francisco (ABEF) e do Pacto Educativo Global no Brasil. Foi consultor da ONU.

ANÁLISE DE CONJUNTURA MARÇO 2020 RUDÁ RICCI

A segunda conferência foi no dia 15 de abril, com William César Castilho Pereira, psicólogo pela PUC-MG, com especialização em psicologia da educação e doutorado pela UFRJ. Assessor da CRB e do Instituto de Aconselhamento e Terapia do Sentido do Ser (NATUS). Experiência na área de psicologia, com ênfase em psicanálise, atua principalmente nas seguintes áreas: psicopatologia, processos de subjetividade, movimentos sociais, cidadania, direitos humanos e análise institucional.

A terceira conferência foi no dia 22 de abril, continuando o aprofundamento da abordagem psicanalítica da conjuntura em que vivemos, através de um diálogo do William Castilho com Moema Miranda, OFS, à luz da questão sócio ambiental. Moema Maria Marques de Miranda é antropóloga pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ (PPGAS/UFRJ), é assessora da Comissão Especial para Ecologia Integral e Mineração da CNBB e da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM), secretária executiva da Rede Latinoamericana Iglesias y Mineria, e da Executiva do SINFRAJUPE. Participou do Sínodo para a Amazônia como auditora.

A quarta conferência foi no dia 29 de abril, uma análise de nossa conjuntura com uma abordagem a partir da questão econômica, com José Corrêa Leite Junior, mestre e doutor em ciências sociais pela PUC-SP e pós-doutor em filosofia da ciência pela USP. Professor na área de comunicação da FAAP-SP. Trabalha as áreas de redes digitais e filosofia da ecologia.

 

Deixe uma resposta